sábado, 8 de outubro de 2011

Santos segura Diplomata e está na semifinal da Liga

O Santos (SP) é mais um semifinalista da Liga Futsal 2011. A vaga santista foi conquistada nesta terça-feira (4/10) com um empate por 2 a 2 diante do Diplomata/Muffatão/Cvel (PR), no jogo da volta das quartas de final da competição. A partida, realizada no ginásio Francisco Odilon Reinhardt, em Cascavel (PR), foi equilibrada, e os paulistas abriram 2 a 0, mas os paranaenses buscaram o empate no fim, ameaçando a vaga alvinegra.

O adversário do Santos nas semifinais da Liga 2011 é o Florianópolis Futsal (SC), que também eliminou uma equipe paranaense, a Copagril/Faville/Dalponte (PR). Por ter melhor campanha na competição, os santistas têm o direito de disputar o segundo jogo em casa. As datas dos dois confrontos serão divulgadas após o término das quartas de final.

Após o jogo, os jogadores dos dois times analisaram a partida. No Diplomata, houve lamento pelos gols perdidos. ?Demos o máximo possível, mas não conseguimos. Acho que faltou fazer o gol, pois tivemos muitas oportunidades, mas acabamos falhando. O Santos está de parabéns pela conquista, nosso time só tem a agradecer essa torcida maravilhosa pelo apoio?, disse o pivô Hugo ao Sportv.

No Santos, o ala Falcão criticou o recuo da equipe no segundo tempo, mas ressaltou a classificação. ?Estamos de parabéns por essa vaga, pois é o primeiro ano de um time e já estamos em uma semifinal. A gente se complicou um pouco no segundo tempo, porque abdicamos de jogar. Mas tínhamos o regulamento debaixo do braço e soubemos usar isso?, analisou Falcão.

O jogo
O Diplomata precisava da vitória, mas adotou uma postura tímida e cautelosa no início do jogo. O Santos, que necessitava de um empate para se classificar, não se intimidou com a pressão da torcida que lotava o ginásio e foi ao ataque desde os primeiros minutos.

Melhor no jogo, o Santos não demorou a abrir o placar. Aos 5min48, o time alvinegro roubou a bola e pegou o Diplomata desguarnecido na defesa. O pivô Jé, que entrou livre pelo meio, recebeu passe na entrada da área e, com um toque sutil, encobriu o goleiro Donny para marcar o primeiro.

Em desvantagem, a equipe cascavelense arriscou-se mais. Porém, sem conseguir penetrar na defesa santista, a solução era arriscar de longe, mas o goleiro Djony esteve bem e segurou o placar. Para piorar a situação do Diplomata, aos 9min24 Valdin fez boa jogada pelo meio e serviu Jackson, que só empurrou para as redes e aumentou a vantagem santista.

No segundo tempo, o Diplomata voltou mais agressivo e, logo aos 20min47, Hugo apareceu livre na área para escorar cruzamento e diminuir a vantagem, incendiando o ginásio Francisco Odilon Reinhardt. Animado, o time cascavelense seguiu no ataque e só não empatou por causa de Djony, que, em dois lances seguidos, usou a mão e o pé para evitar o gol da igualdade.

Insistente e empurrado pela torcida, o Diplomata continuou ofensivo, mas voltou a esbarrar na grande atuação de Djony. No fim, já atuando com o goleiro-linha, os cascavelenses marcaram aos 38min18 com Caça, que chutou sem ângulo para empatar. Na pressão, o time ainda perdeu chances e não conseguiu o gol necessário para levar o jogo para a prorrogação.

Assessoria de Imprensa da Liga Futsal
-- 
FarolCom | Coletivo de Imprensa
rede web de informação e cultura