sábado, 8 de outubro de 2011

Baldaia não abre mão da etapa de Ribeirão Preto do Circuito CAIXA: ‘Me sinto em casa’

Vitória em Ribeirão Preto em 2009 | Luiz Doro/ adorofoto

A fundista que nasceu em Sertãozinho, onde vive e treina, luta por espaço entre as dez primeiras do ranking brasileiro de corridas de rua na temporada

São Paulo - A fundista Maria Zeferina Baldaia não titubeou quando questionada sobre sua presença na etapa de Ribeirão Preto (SP) do Circuito de Corridas Caixa, dia 18 de outubro. "Claro que vou. Em competições nessa região, correndo em Ribeirão Preto, eu me sinto em casa", disse a atleta que ainda hoje, depois de tantos anos de carreira, segue treinando nas estradas que cortam os canaviais, em Sertãozinho, sua cidade natal, onde também atua como vereadora - seu principal projeto é o Bolsa Atleta municipal, de ajuda de custo para praticantes de modalidades olímpicas. "São estradas de terra, com pouco impacto, boas para treinar", explicou Zeferina, que está treinando sozinha.

A prova do interior paulista, com percursos de 5 km e 10 km, terá largada na Praça Nadyr Freitas M. da Silva, às 7h30. A elite feminina e a masculina disputam apenas os 10 km. Os amadores podem optar pelos 5 km ou 10 km. Ribeirão Preto está no calendário do Circuito CAIXA desde 2005 e, nesta temporada, é a nona etapa de 11 da competição, que ainda vai passar por Porto Alegre (30/10) e terminar em Brasília (6/11).

A fundista que se consagrou ao vencer a São Silvestre, em 2001, tem o objetivo de ficar entre as dez primeiras colocadas em Ribeirão Preto. Baldaia venceu a etapa de Ribeirão Preto em 2009 e foi a segunda colocada e melhor brasileira em 2010 e terceira em 2008. "O percurso desta temporada não será o mesmo. Estou aguardando para conhecer o novo trajeto dos 10 km, mas gosto da cidade, do clima e do apoio que recebo do público. Naquela região me sinto em casa. Fiz umas provas por lá e espero que o percurso seja um desses que já conheço. Mas é maravilhoso correr lá."

Maria Zeferina Baldaia ficou longe das competições entre janeiro e março, por três meses. "Retomei os treinamentos em Sertãozinho, nos canaviais, fiz algumas provas na região, corri a Meia Maratona do Rio e os 10 km das etapas do Recife, Uberlândia, Curitiba e São Paulo do Circuito CAIXA. Ainda vou fazer as provas de Ribeirão Preto e de Porto Alegre, mas tenho o objetivo de terminar entre as dez do ranking brasileiro. Estou subindo aos poucos." A fundista pulou para a nona colocação do ranking, com 87 pontos, após a prova de São Paulo, em que terminou em décimo (ganhou pontuação equivalente ao oitavo lugar porque haviam duas quenianas entre as dez primeiras). Na situação atual, já garante o patrocínio da CAIXA para 2012.

Mesmo aos 39 anos, Baldaia disse que ainda não abandonou um sonho - o de correr a maratona numa Olimpíada. Vai tentar obter o índice e a vaga na seleção brasileira que vai aos Jogos de Londres, em 2012. "Quero correr uma maratona rápida logo no início do ano e vou voltar minha preparação para isso. Ainda nesse fim de ano estou treinando pensando na Volta da Pampulha, em Belo Horizonte, em dezembro, e a São Silvestre, em São Paulo, fechando o ano."

Mais importante competição de corridas de rua do País, o Circuito CAIXA tem a chancela da CBAt. Oito das 11 etapas, disputadas em nove Estados do Brasil, já foram realizadas. O Circuito tem grande importância para os atletas de elite porque todas as 11 corridas valem pontos para o ranking brasileiro de provas de rua. Os dez primeiros colocados no ranking garantem o patrocínio da CAIXA em 2012.

Inscrições pela internet

As inscrições para a etapa de Ribeirão Preto podem ser feitas até terça-feira (11/10) no site www.circuitocaixa.com.br (a taxa é de R$ 50,00). Os atletas maiores de 60 anos têm desconto de 50% na inscrição.

O Circuito CAIXA é uma realização da HT Sports, com patrocínio da CAIXA Econômica Federal. A Centauro é a loja oficial do Circuito, que tem apoio da Marathon, isotônico oficial e da Polenghi. Em Ribeirão Preto, conta ainda com o apoio da Prefeitura Municipal de Ribeirão Preto, Secretaria de Esportes e da Empresa de Trânsito e Transporte Urbano de Ribeirão Preto (Transerp), além da supervisão técnica da Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt) e Federação Paulista de Atletismo.

Mais informações em www.circuitocaixa.com.br / http://twitter.com/circuitocaixa

via Local
-- 
FarolCom | Coletivo de Imprensa
rede web de informação e cultura