segunda-feira, 9 de janeiro de 2012

Unilever volta às quadras contra o Praia Clube nesta terça-feira

Bernardinho: entrosamento ideal se constrói com o tempo | Daniel Ramalho/adorofoto

Técnico Bernardinho diz que entrosamento se constrói com o tempo e que o time está melhorando após as primeiras cinco rodadas da Superliga

A palavra de ordem durante os treinamentos da equipe Unilever, após o recesso de fim de ano, é trabalho. Depois das cinco primeiras rodadas do turno da Superliga, a Unilever ocupa a quarta colocação, com 12 pontos, quatro vitórias e uma derrota. Dessa forma, o time do técnico Bernardinho, heptacampeão nacional, busca o entrosamento ideal para os 12 jogos (seis em casa e seis fora) que terá pela frente antes da parada para o Carnaval. O primeiro desafio é contra o mineiro Banana Boat/Praia Clube, nesta terça-feira (10/1), no ginásio do Tijuca Tênis Clube, no Rio de Janeiro, em jogo válido pela sexta rodada do turno da competição. O Praia Clube está em sexto lugar na classificação geral, com seis pontos, duas vitórias e três derrotas.

"O Praia tem um grupo bom, bem estruturado. Fizeram contratações importantes, como a ponteira Suelle e a oposta Monique Pavão, que já jogaram na Unilever e, por isso, conhecemos bem o potencial dessas jogadoras. É preciso estar focado", afirma Bernardinho.

Na avaliação do treinador, embora a Unilever ainda esteja longe do entrosamento ideal, o time está evoluindo após um início de Superliga marcado por altos e baixos. "Temos poucas partidas disputadas até aqui, incluindo as do Top Volley (torneio na Suíça que a Unilever participou entre o Natal e o ano-novo), e o entrosamento do time vai melhorando pouco a pouco. O entrosamento ideal se constrói com o tempo. Nos últimos jogos, a Fernanda (Venturini, levantadora) mostrou que está reencontrando sua dinâmica de jogo e isso é muito importante para o grupo", comenta.

Segundo Bernardinho, o importante é saber que todo mundo está disposto a dar 100% de si, nas diferentes posições, de acordo com as suas possibilidades. "Tivemos uma derrota inesperada na estreia da Superliga e, desde então, o time vem conseguindo vitórias importantes na sequência", diz, acrescentando que a oposta Sheilla, que foi poupada e disputou apenas um dos quatro recentes jogos na Suíça, "está em crescente recuperação".

Para o jogo contra o Praia Clube, nesta terça-feira, os ingressos serão vendidos a R$ 5,00 (inteira/arquibanca) e R$ 2,50 (meia/arquibancada) e R$10,00 (inteira/cadeira) e R$ 5,00 (meia/cadeira). A bilheteria do Tijuca será aberta às 18 horas, duas horas antes do início da partida.

Jogos da Unilever pela Superliga em janeiro
10/1 - Unilever x Banana Boat/Praia Clube, às 20h, Tijuca Tênis Clube
13/1 - Unilever x Macaé Sports, às 19h30, Tijuca Tênis Clube (Esporte Interativo)
17/1 - Unilever x Usiminas/Minas, às 20h, Maracanãzinho
21/1 - Pinheiros x Unilever, às 12h, Henrique Villaboim (Sportv)
24/1 - Unilever x Vôlei Futuro, às 21h, Maracanãzinho (Sportv)
28/1 - Sollys/Nestlé x Unilever, às 10h, José Liberatti (Globo)
31/1 - Sesi x Unilever, ás 21h, Vila Leopoldina (Sportv)

Jogos já disputados
10/12 - Unilever 0 x 3 Sesi-SP (22/25, 22/25 e 22/25)
13/12 - Unilever 3 x 0 São Caetano (25/21, 25/23 e 25/19)
16/12 - Mackenzie/Cia do Terno 0 x 3 Unilever (22/25, 21/25 e 21/25)
19/12 - Unilever 3 x 1 Rio do Sul (22/25, 25/11, 25/16 e 25/10)
22/12 - BMG/São Bernardo x Unilever (25/20, 25/19 e 25/15)

Classificação da Unilever na história da Superliga
1997/98 - campeã
1998/99 - vice-campeã
1999/2000 - campeã
2000/01 - quarto lugar
2001/02 - terceiro lugar
2002/03 - quarto lugar
2003/04 - terceiro lugar
2004/05 - vice-campeã
2005/06 - campeã
2006/07 - campeã
2007/08 - campeã
2008/09 - campeã
2009/10 - vice-campeã
2010/11 - campeã

Mais informações em www.facebook.com/unilevervolei

via Local
--
FarolCom | Coletivo de Imprensa
INFORMAÇÃO | CULTURA | SERVIÇO