sexta-feira, 28 de outubro de 2011

No Rio, Scheidt e Prada retomam preparação para o Mundial

Scheidt e Prada voltam a competir no Rio | Fried Elliott/ Divulgação

No Star Class Southern Hemisphere Championship, no Iate Clube do Rio, com provas a partir deste domingo, dupla volta a velejar para ganhar ritmo antes da disputa na Austrália

Robert Scheidt e Bruno Prada retomam nesta semana a preparação para o Mundial de Perth, em dezembro, na Austrália, quando vão lutar para classificar a classe Star Brasileira para a Olimpíada de Londres, em 2012 - 11 das 16 vagas disponíveis para os Jogos serão decididas na competição australiana. A partir desta sexta-feira (28/10), a dupla disputa o Star Class Southern Hemisphere Championship, que segue até 2 de novembro, no Iate Clube do Rio de Janeiro.

Scheidt e Prada não competem desde o título do Campeonato Italiano para as Classes Olímpicas, em Garda, no final de setembro. "Conseguimos dosar bem a temporada, intercalando treinos intensos e competições com períodos de descanso", conta Scheidt. "A temporada europeia foi muito difícil, mas agora é hora de retomar os treinos e a preparação para o Mundial."

Segundo os brasileiros, o Hemisphere terá poucos barcos, mas o nível será alto. "No Rio, vamos ter o Lars e o Torben Grael, que conhecem a raia muito bem, além do Alan Adler, do Dino Pascolatto, todos velejadores experientes", diz Scheidt. Para Prada, outras presenças de destaque serão Richard Clarke e Tyler Bjorn, a dupla olímpica do Canadá. Prada explica que a disputa no Rio integra o período de acertos para o Mundial. "Vamos pegar ritmo de regata novamente, já que estamos desde o fim de setembro sem competir."

Estão programadas oito regatas para o Star Class Southern Hemisphere Championship, a partir deste domingo, dia 30/10, terá oito regatas, com largada prevista sempre para as 13 horas, até 2 de novembro. Para a competição ser considerada válida, quatro regatas devem ser completadas. A partir de quatro regatas completadas, os velejadores terão direito ao descarte do pior resultado.

Robert Scheidt tem patrocínio do Banco do Brasil, Prada e Rolex. Robert Scheidt e Bruno Prada têm o apoio do Comitê Olímpico Brasileiro e da Confederação Brasileira de Vela e Motor.

Mais informações no site www.robertscheidt.com.br

via Local
-- 
FarolCom | Coletivo de Imprensa
rede web de informação e cultura