sábado, 8 de outubro de 2011

Depois de garantir título do Barueri Race Park paranaense tenta quebrar mais um recorde

O paranaense Guilherme Emiliano da Silva, vem sendo um dos destaques da competições de arracandas, como foi no Barueri Race Park / Murilo Braz

Neste próximo final de semana, o piloto de Curitiba, disputa a final do Campeonato Paranaense, mas já garantiu o título antecipadamente.

O paranaense Guilherme Emiliano Carvalho da Silva, de Curitiba, foi um dos destaques do Barueri Race Park – Festival de Arrancadas, realizado de sexta-feira a domingo, em Barueri na Grande São Paulo. Ele conquistou o título da categoria Traseira Turbo, depois de marcar o tempo de 6.255, nos 201 metros cronometrados de pista. Neste próximo sábado e domingo volta a competir na última etapa do Campeonato Paranaense, porém, já garantiu o título por antecipação.

Competindo há três anos com opala, motor turbo de 1.200 cavalos, Silva teve um bom desempenho nas disputas em Barueri, obtendo o melhor tempo na terceira parcial. Em segundo lugar ficou Júnior, com 6s600.  O paranaense gostou de competir no Barueri Race Park – Festival de Arrancadas. "Foi o primeiro evento, com uma estrutura não fixa, como um autódromo, mas ficou muito bom, com uma arena que ofereceu toda infraestrutura, muito espaço e organização. Esperamos que o outras edições do evento sejam realizadas, pois passaria a ser mais uma excelente opção de competição para os pilotos. Como primeira edição foi muito bom", destacou.

Silva já compete há 12 anos, começando pelas categoria de base, a Turbo B, e na sequência foi passando por outras e há cinco anos compete na Traseira Turbo.  Neste período virou um especialista em quebrar recordes de sua categoria, esse será seu objetivo neste próximo final de semana em Curitiba. Ele é o recordista da pista de Piracicaba (SP) com 201 metros, com o tempo de 6s034 a 200 km/h. Também tem o melhor tempo do Autódromo Internacional de Curitiba – onde será a prova neste final de semana – com 9s364 em 402 metros e velocidade de 2500 km/h, obtido no Campeonato Paranaense.    Velopark, em Nova Santa Rita, no Rio Grande do Sul, também com 402 metros, fez o tempo de 8s920 a 264 km/h, no Brasileiro. Na Speed Race, em Itatiba (SP), também garantiu o recorde com 9s049, a 254 km/h, com a mesma distância.

CAMPEÕES

Os campeões do Barueri Race Park – Festival de Arrancadas foram os seguintes: modalidade arrancada –Desafio - Luiz Augusto (9s851); Dianteira Original – Cristiano Frank – (7s990); Traseira Original – Celso  Camargo – (7s068); Dianteira Turbo C – Marcelo Crespilho – (8s174); Dianteira Turbo B – Ronaldo Perez Fernandes (7s959); Dianteira Turbo A – Alessandro Alves da Silva (6s939); Traseira Turbo – Guilherme Emiliano Silva (6s253); Dianteira Super – Cristiano de Camargo (7s167); Traseira Super – Fernando Thomas Leme – (6s191); Força Livre Dianteira – Alberto de Almeida Pinto Neto (7s155); Força Livre Traseira – Fernando da Costa (6s763); Extreme 10.5 – Adriano Kayayan (5s902); Pro Mod – Washington Silva (6s363);Dragster Jr – Felipe Luna (11s751); Dragster Light – Antonio Aparecido Leão (4s697) e Dragster Top – Alejandro Sanchez (4s244).

Na modalidade de Desafio os campeões foram: Tração Dianteira – Edvaldo "Picolé" Macedo, Tração Traseira – Alessandro "Alemão" Seguro e Exibição – Marcos Afonso.

O Barueri Race Park – Festival de Arrancadas contou com a experiência de mais de 20 anos da CRF Promoções na produção e gestão deste evento, a organização do Barueri Race Park – Festival de Arrancadas é da Alcomídia Promoções e Editorações, além da supervisão técnico-desportiva da Federação de Automobilismo de São Paulo. O apoio foi da Prefeitura Municipal de Barueri

Renato Fabretti | ROF
-- 
FarolCom | Coletivo de Imprensa
rede web de informação e cultura