terça-feira, 20 de setembro de 2011

Tranquila, Joziane Cardoso está pronta para defender o Paraná no Circuito CAIXA

Joziane na vitória da etapa de Campo Grande, em 2008 | Luiz Doro/ adorofoto

"A ansiedade só atrapalha", diz a paranaense, vice-campeã em 2010, que voltará a enfrentar as rivais africanas na 7ª etapa da competição, neste domingo (25/9), em Curitiba

São Paulo - Tranquila, Joziane da Silva Cardoso não se abala com a responsabilidade de representar o Paraná - e de quebra tentar superar as tradicionais vencedoras africanas - na etapa de Curitiba do Circuito de Corridas CAIXA, neste domingo (25/9). "Prefiro correr despreocupada, sem pensar em quem está do meu lado, porque a ansiedade só atrapalha o atleta", diz a paranaense de Nova Santa Bárbara, onde também vivem e treinam alguns dos quenianos que vêm para o Brasil. A prova terá largada às 8 horas, na Praça Nossa Senhora de Salete, no Centro Cívico, e percursos de 5 km, uma boa opção para os amadores ou para quem está começando a correr, e 10 km, a distância obrigatória para a elite.

Foi com essa tranquilidade que Joziane conquistou o segundo lugar na última edição da prova, em Curitiba, em 2010, atrás da queniana Eunice Kirwa. "O nível estava muito forte, não só pela presença das atletas estrangeiras, mas também pelas brasileiras. Todas as melhores do País estavam lá, como a Maria Zeferina Baldaia e a Edielza Guimarães. Fui correndo no meu ritmo e acabei conseguindo abrir vantagem sobre as outras", conta a fundista, que teve uma briga acirrada com Edielza nos metros finais antes de cruzar a linha de chegada um segundo à frente.

Em Curitiba, Joziane deve reencontrar Eunice Kirwa, vencedora da etapa de Uberlândia e bicampeã na capital paranaense (2009 e 2010). "Agora é fazer treinos mais leves, para me recuperar, e correr o que sei que posso correr, neste domingo. Mesmo sendo uma prova difícil, competir em casa é sempre uma alegria, e dá um prestígio maior, também", diz.

A paranaense entrou mais tarde na disputa do Circuito CAIXA, nesta temporada. Já na "estreia", no último domingo (18/9), foi a sétima colocada na etapa de Uberlândia, resultado que a levou do 24º para o 13º lugar do ranking brasileiro de corredoras de rua, somando 52 pontos. "Agora vou disputar todas as provas do Circuito CAIXA, para ficar entre as dez primeiras do ranking, no final da temporada", avisa Joziane.

Mais importante competição de corridas de rua do País, o Circuito CAIXA tem a chancela da CBAt. Seis das 11 etapas, disputadas em nove Estados do Brasil, já foram realizadas - as próximas cidades a sediar a disputa, depois de Curitiba, serão São Paulo (2/10), Ribeirão Preto (16/10), Porto Alegre (30/10) e Brasília (6/11). O Circuito tem grande importância para os atletas de elite porque todas as 11 corridas valem pontos para o ranking brasileiro de provas de rua. Os dez primeiros colocados no ranking garantem o patrocínio da CAIXA em 2012.

O Circuito CAIXA é uma realização da HT Sports, com patrocínio da CAIXA Econômica Federal. A Centauro é a loja oficial do Circuito, que tem apoio da Marathon, isotônico oficial, e da Polenghi. No Paraná, conta ainda com o apoio da Unimed Curitiba, da Polenghi e da Prefeitura de Curitiba, além da supervisão técnica da CBAt e da Federação de Atletismo do Paraná.

Mais informações em www.circuitocaixa.com.br / http://twitter.com/circuitocaixa

via Local
-- 
FarolCom | Coletivo de Imprensa
rede web de informação e cultura