segunda-feira, 26 de setembro de 2011

Etapa de São Paulo do Circuito CAIXA pode alterar a liderança do ranking brasileiro

Gilmar (acima) na disputa com africanos em Curitiba / Giomar na prova paranaense do Circuito | Luiz Doro/ adorofoto

Giomar Pereira e Gilmar Silvestre voltam a se enfrentar na capital paulista, neste domingo (2/10), pelo primeiro lugar na classificação geral; inscrições terminam nesta quarta-feira (28/9)

São Paulo - A oitava etapa do Circuito de Corridas CAIXA pode provocar uma reviravolta na classificação do ranking brasileiro de corredores de rua. Apenas nove pontos separam agora o líder Giomar Pereira do vice-líder Gilmar Silvestre Lopes, que terá a chance de assumir a ponta em São Paulo, neste domingo (2/10). Giomar chega à capital paulista como um dos favoritos, com o recorde da disputa e duas vitórias na cidade (2008 e 2009). Já Gilmar, estreante, foi ao pódio em todas as etapas da competição que disputou e é a grande revelação da temporada. A prova terá largada, às 8 horas, em frente ao Estádio do Pacaembu, com percursos de 5 km e 10 km.

Giomar lidera o ranking, após sete etapas do Circuito CAIXA, com 201 pontos. Gilmar vem em segundo lugar, com 192. Os dez primeiros colocados pontuam em cada etapa. A vitória vale 30 pontos para o ranking, o segundo lugar 26 e, assim, sucessivamente, até o décimo posto: 22 (3º), 18 (4°), 16 (5º), 15 (6º), 14 (7º), 13 (8º), 12 (9º) e 11 (10º).

"Rei" do Circuito CAIXA, com 18 vitórias na história da competição, Giomar Pereira ainda é o adversário a ser batido em São Paulo. Dono do melhor tempo na capital paulista, 29min33 - feito em 2008, Giomar chega à oitava etapa da competição com a missão de defender a liderança do ranking. "A briga pela ponta está boa. O nível da elite aumentou este ano. Temos vários corredores brigando pela liderança e a disputa está bem forte. O Gilmar agora está chegando e isso me preocupa", aponta o baiano de Jacobina, que está se preparando para a Volta da Pampulha e a São Silvestre. "De qualquer forma, vamos lutar para que, neste ano, dê o Giomar ou o Gilmar."

O mineiro Gilmar, que vê em Giomar seu principal adversário, também prefere não arriscar uma previsão, embora mostre confiança. "Estou focado nas provas do Circuito CAIXA, para terminar o ano entre os primeiros do ranking, e procuro não pensar muito nos adversários. Se mantiver meus resultados, posso ir bem em São Paulo e pegar um pódio. Mas alcançar a liderança agora vai depender de como eu sentir a prova", diz Gilmar.

O jovem fundista, de apenas 22 anos, foi o segundo na etapa de Goiânia (15/5), quarto em Campo Grande (7/8), terceiro no Recife (28/8) e em Uberlândia (18/9), onde teve o melhor resultado entre os brasileiros. Em Curitiba, no último domingo (25/9), repetiu o desempenho - ficou com o terceiro lugar, atrás dos quenianos Hillary Kipgetich Kibet e Joshua Kiprugut Kemei, e foi o melhor brasileiro, levando a pontuação máxima da etapa - 30 pontos.

"Larguei bem em Curitiba, consegui acompanhar os africanos durante quase toda a prova. Senti um pouco de cansaço só no finalzinho, mas mesmo assim fiquei muito feliz por ser o primeiro brasileiro", conta Gilmar. Seguindo os passos do líder do ranking, o fundista também vem se preparando para a Volta da Pampulha e a São Silvestre, no final da temporada.

Inscrições para a etapa de São Paulo terminam quarta-feira (28/9)

Para os amadores que vão participar da disputa deste ano, as inscrições estão abertas no site www.circuitocaixa.com.br, até quarta-feira (28/9), com o valor de R$ 55,00. Fundistas maiores de 60 anos têm um desconto de 50% sobre a taxa.

Mais importante competição de corridas de rua do País, o Circuito CAIXA tem a chancela da CBAt. Seis das 11 etapas, disputadas em nove Estados do Brasil, já foram realizadas - as próximas cidades a receber a disputa, depois de São Paulo, serão Ribeirão Preto (16/10), Porto Alegre (30/10) e Brasília (6/11). O Circuito tem grande importância para os atletas de elite porque todas as 11 corridas valem pontos para o ranking brasileiro de provas de rua. Os dez primeiros colocados no ranking garantem o patrocínio da CAIXA em 2012.

O Circuito CAIXA é uma realização da HT Sports, com patrocínio da CAIXA Econômica Federal. A Centauro é a loja oficial do Circuito, que tem apoio da Marathon, isotônico oficial, da Polenghi e Água Mineral Minalba. Em São Paulo, conta ainda com o apoio da Secretaria Municipal de Esportes, Lazer e Recreação, e Prefeitura de São Paulo, além da supervisão técnica da CBAt e da Federação Paulista de Atletismo.

Mais informações em www.circuitocaixa.com.br / http://twitter.com/circuitocaixa

via Local
-- 
FarolCom | Coletivo de Imprensa
rede web de informação e cultura