terça-feira, 23 de agosto de 2011

Floripa tropeça e embola chave D; Diplomata se classifica (Futsal)

A equipe do Florianópolis Futsal se complicou na luta pela classificação às quartas-de-final da Liga Futsal 2011 ao empatar em 2 a 2 com o Atlântico Apti UriErechim, em confronto realizado na noite desta terça-feira (23/8), disputado no ginásio Rozendo Lima Vasconcelos (IEE), em Florianópolis (SC).

Com o resultado, o time catarinense chegou aos oito pontos ganhos na chave D da segunda fase da Liga Futsal 2011, e ainda depende de si para buscar a classificação, mas para isso terá que buscar a vitória no último jogo da fase diante do Diplomata, em Cascavel (PR). O Atlântico, com dois pontos, não aspira mais chances de classificação.

A última rodada da chave definirá o segundo classificado, já que o Diplomata, com este empate, conquistou sua classificação, pois não pode ser ultrapassado pela Krona, que pode chegar à dez pontos, mas perde no confronto direto da fase para o Cascavel. Entretanto, a Krona volta a ter chances de classificação, precisando vencer o Atlântico em casa e torcer para que o Florianópolis não consiga vitória fora de casa contra os já classificados cascavelenses.

A partida começou bastante movimentada e logo com um minuto de partida o Florianópolis conseguiu a abertura do placar com tento anotado por Antônio. O Atlântico reagiu rapidamente e conseguiu o empate em menos de quarenta segundos, com gol de Grillo.

O Atlântico jogava bem e criava a maioria das chances da primeira etapa. Os erros de finalização, porém, não deixaram que o time de Erechim conseguisse rapidamente a virada no placar no primeiro tempo, já que o Floripa não esteve com boa atuação.

Mas a pressão gaúcha continuou e o Atlântico conseguiu a virada no placar. Em bom lançamento vindo da sua quadra de defesa, Mancha deixou Zico livre na frente para marcar. Ele deu um toque por cima de Ney e anotou o segundo do Galo.

No final do primeiro tempo, porém, a equipe do Florianópolis reagiu e chegou ao empate com mais um gol de Antônio. Em cobrança de escanteio, Erverson desviou de calcanhar para que o fixo chegasse chutando de primeira e igualasse o placar.

No segundo tempo a movimentação dos dois times diminuiu um pouco e os gols escassearam. Os dois times se defendiam bem e o panorama seguiu até o final, quando o Floripa pressionou muito em busca da vitória, que não veio.

Antônio, autor de dois gols para a equipe do Florianópolis, lamentou o empate no confronto. Ficamos muito ansiosos no segundo tempo e não conseguimos definir o jogo. Isso foi o nosso grande problema nesta partida. Temos que pensar somente no Cascavel, agora?, disse o fixo.

Diplomata empata e fica muito próximo da classificação
O Diplomata/Muffatão/Cvel se aproximou muito da classificação às quartas-de-final da Liga Futsal 2011 ao empatar em 1 a 1 diante da Krona/Joinville/DalPonte na noite desta terça-feira (23/8), jogando no ginásio da Neva, em Cascavel, região oeste do Paraná.

A vitória levou o Diplomata aos dez pontos ganhos no grupo D, enquanto a Krona alcançou os sete pontos, ficando ao lado do Florianópolis, que tem uma partida a menos, diante do Atlântico. Com o resultado, os cascavelenses podem se classificar ainda hoje, caso o Florianópolis vença a equipe do Atlântico.

Isso ocorreria pelo fato de que não haveria mais a possibilidade de três equipes terminarem com dez pontos ganhos na última rodada, o que somente poderá ocorrer se o Atlântico vencer o Floripa em Florianópolis ainda hoje. Mas caso o Floripa vença hoje, o time do Diplomata já poderia comemorar a classificação, já que somente a Krona poderia ficar com dez pontos ganhos também.

Caso a Krona também chegue aos dez pontos, perderia para os cascavelenses no confronto direto da fase, já que o Diplomata venceu o confronto em Joinville por 5 a 3. À Krona, resta aguardar por tropeços do Florianópolis ? ao menos uma derrota nos dois jogos seguintes do clube da capital ? para seguir com chances de classificação.

O jogo
A marcação e o estudo deram o tom da partida na maior parte do primeiro tempo. O receio de sofrer um gol fazia com que os dois times se preocupassem demais com a marcação e o sistema defensivo e isso fez com que as chances de gols fossem raras.

O panorama permaneceu o mesmo. Com a falta de velocidade nos dois ataques, o placar acabou ficando no zero na primeira etapa. No segundo tempo os dois times voltaram um pouco mais acesos e as chances começaram a surgir.

Murilo perdeu boa chance na segunda etapa, assim como Edu, que desperdiçou chance clara para o Cascavel depois de uma boa cobrança de escanteio. Mas depois que Hugo teve a chance para marcar, o clube paranaense abriu o placar.

Adeirton fez uma boa jogada pela esquerda de quadra e cruzou para o centro da área joinvilense. Hugo dominou e bateu uma vez, para boa defesa de Diogo. Na sobra, o mesmo Hugo bateu novamente, mas no ângulo, para anotar o primeiro do Diplomata.

A partir daí o jogo começou a pegar fogo. Utilizando-se do esquema de goleiro-linha, a Krona foi ao ataque e chegou ao empate quando Murilo recebeu passe pelo lado esquerdo de ataque e cruzou para Leco que, com um toque sutil, encobriu Donny e empatou.

Pouco depois a Krona perdeu um tiro livre sem barreira em cobrança de Café. Nos instantes finais, a equipe joinvilense manteve uma pressão tremenda em busca da vitória, mas o Diplomata se defendeu bem e contou com duas grandes defesas de Donny para garantir o empate.

O time da Krona pressionou muito no final, mas nós conseguimos nos defender muito bem e segurar o empate. O time está de parabéns, pois conseguimos a classificação para chegar às quartas-de-final da Liga Futsal?, disse Adeirton, do Diplomata.

Poker se prepara para o Estadual
Lutando pela classificação à próxima na Liga Futsal 2011, o Poker/PEC terá mais um objetivo importante na temporada. A partir do dia 2 de setembro, o time petropolitano inicia a disputa do Campeonato Carioca de Futsal buscando o pentacampeonato. A estréia será contra o CAER, às 19h30, no ginásio da UCP, em Petrópolis (RJ).

Na sua quinta temporada no Poker/PEC, Cupim desta vez não estará mais dentro de quadra como jogador. Depois que assumiu a função de supervisor, o ex-atleta terá mais uma missão importante no clube petropolitano.

"O Campeonato Estadual é importante. Além da rivalidade natural, conta muito para a hegemonia regional e valoriza atletas. Estamos lutando pela classificação na Liga Futsal, mas vamos entrar com tudo para buscar o pentacampeonato", destacou Cupim. Sobre os adversários de chave, ele prevê dificuldades.

"O Botafogo é um time qualificado, com ótimos jogadores. O Imperial vem com uma nova proposta e será o clássico da cidade. Das demais equipes não tenho muitas informações ainda", ressaltou. Além das equipes citadas, completa a chave B o time da ADDP, de Cabo Frio (RJ).

Porém, antes de estrear no Estadual, o Poker tem um jogo decisivo pela Liga Futsal 2011. Na próxima sexta-feira (26/8), o time fluminense enfrenta a Hipper Freios/Unisul (SC), no ginásio Salgadão, em Tubarão (SC), e precisa vencer para continuar na briga por uma vaga nas quartas de final.

Imprensa | Liga Futsal com informações de Cláudia Mendes
--
FarolCom | Coletivo de Imprensa
rede web de informação e cultura