sexta-feira, 26 de agosto de 2011

Clássico paulista movimenta a Liga nesta sexta-feira (Futsal)

São José/Vale Sul Shopping e Intelli/Orlândia estarão frente a frente nesta sexta-feira (26) à noite, a partir das 20h15, pela penúltima rodada do grupo C da Liga Futsal 2011. O clássico paulista será disputado no ginásio do Tênis Clube de São José dos Campos.

O duelo entre Intelli e São José ganhou notoriedade no Estado de São Paulo e, também, no país depois que as equipes decidiram o Campeonato Paulista Série A1, em 2008. Na ocasião, a equipe joseense levou a melhor, mas não antes das torcidas de ambas serem brindadas com três partidas inesquecíveis.

Menos de três anos depois, os clubes voltam a protagonizar um duelo decisivo, dessa vez pela Liga Futsal. O primeiro classificado do grupo C do campeonato, valendo uma vaga nas quartas-de-finais, poderá ser conhecido justamente no clássico paulista. Um triunfo para qualquer dos lados, classificará a equipe vitoriosa, independente do resultado da outra partida da chave, que ocorrerá na mesma data, a partir das 20h15, em Tubarão (SC), entre Hipper Freios/Unisul (SC) e Poker/PEC (RJ).

O capitão da Intelli e artilheiro do time na Liga com 18 gols, Marinho, garante que não irá se preocupar com a outra partida do grupo: "Prefiro não pensar no que acontecerá fora de quadra, temos que jogar como se fosse uma decisão, fazer nossa parte e esperar o final do jogo para saber o resultado de tudo", revelou o jogador.

Marinho retorna a equipe intelliana depois de cumprir suspensão automática pelo acúmulo de cartões amarelos. Além do fixo, o técnico da equipe, Cidão, terá o retorno do fixo Marlon e do ala/pivô Willian, que estiveram de fora pelo mesmo motivo, e ainda o fixo Edgar, que não enfrentou a Unisul por ter sido expulso no duelo anterior.

Do lado do São José, time comandado pelo treinador Ivan Gomes, o clima é de confiança. Com duas vitórias seguidas, 2 a 1 sobre a Unisul e 4 a 3 diante do PEC (ambos fora de casa), a equipe chega motivada para o clássico. Agora, jogando com o apoio de sua torcida, o principal objetivo dos joseenses é conquistar mais um resultado positivo e confirmar de vez sua presença na próxima fase do nacional.

Só a vitória interessa a Gazin diante da ACBF
Nesta sexta-feira (26), a partir das 18h30 (horário de Brasília), o canal SPORTV transmitirá mais um jogo da segunda fase da Liga Futsal 2011 – principal competição do salonismo nacional. Jogando em casa, no ginásio Amário Vieira da Costa, a Gazin/Oi/Penalty só pensa na vitória diante do Carlos Barbosa. Paranaenses e gaúchos estão no grupo B desta fase.

Diferente da ACBF, do técnico Mussalem, que já está garantida nas quartas-de-finais da décima sexta edição da Liga, a Gazin ainda busca sua vaga na próxima etapa do campeonato. Para isso, a equipe de Umuarama terá que vencer seus dois próximos compromissos, ambos em casa, e torcer para tropeços do São Caetano/Corinthians/Unip, que soma seis pontos até aqui, três a mais que os paranaenses. O Carlos Barbosa lidera a chave com 10 pontos e nenhuma derrota.

Mesmo em situação bem mais cômoda, o time laranja quer os três pontos no interior do Estado do Paraná para chegar as quartas com moral. Atrás de seu quinto título da Liga Futsal, a ACBF está ciente que não encontrará facilidade contra a Gazin, que certamente contará com o apoio de sua fanática torcida, mas o objetivo é retornar do confronto com mais um resultado positivo.

Após o compromisso pela competição nacional, o Carlos Barbosa terá mais um importante desafio, só que desta vez pelo 2º turno do Campeonato Gaúcho - Série Ouro 2011. O clube laranja irá até a cidade de Lajeado (RS), onde enfrentará na terça-feira (30) a ALAF, a partir das 20 horas.

Para o desafio no Amário Vieira da Costa, Mussalem, assim como o treinador da Gazin, Fernando Malafaia, não terá nenhum desfalque por ordem disciplinar. Enfim, a partida desta sexta promete ser uma das mais movimentadas da Liga deste ano até o momento e, certamente, o torcedor que acompanha-la irá assistir mais um duelo de alto nível do futsal brasileiro, o único hexacampeão mundial da modalidade.

Corinthians vai até Sobradinho (DF) enfrentar o Peixe
Vencer ou vencer, esse é o pensamento de Peixe/Mazza e São Caetano/Corinthians/Unip na noite desta sexta-feira (26/8), em duelo válido pela segunda fase da Liga Futsal 2011 principal competição do salonismo nacional. Brasilienses e paulistas, presentes no grupo B, se enfrentarão a partir das 20h15.

Com seis pontos ganhos, o alvinegro do Parque São Jorge ainda segue em busca de sua classificação as quartas-de-finais do campeonato. Para avançar, o Timão depende apenas de si e uma vitória nesta sexta será de fundamental importância para as pretensões dos corintianos. Danilo Baron, peça chave na equipe, está de fora do compromisso no DF. O ala está suspenso pelo terceiro cartão amarelo.

Sonho da vaga ainda persiste no Peixe/Mazza
Só um milagre, praticamente, colocará o Peixe/Mazza nas quartas-de-finais da Liga deste ano. Com apenas um ponto conquistado na segunda fase do nacional, o elenco brasiliense terá que vencer seus dois próximos jogos, incluindo o Corinthians, e torcer por uma derrota do time paulista na última rodada.

Depois de uma viagem cansativa até Rio Grande do Sul, onde encarou o Carlos Barbosa e perdeu pelo placar de 4 a 2, a comissão técnica do Peixe deu um dia de descanso aos atletas e na última quarta-feira (24) já deu início à preparação para o confronto contra o Timão, do técnico PC Oliveira.

Para a penúltima partida nesta fase, o treinador Sérgio Adriano, do Peixe, não contará com um de seus principais jogadores: Carlos Henrique, o Munin. Na derrota para a ACBF, o ala recebeu o terceiro cartão amarelo e agora terá que cumprir suspensão automática.

Não podemos ficar pensando nas outras partidas. Por exemplo, não nos interessa o resultado entre Carlos Barbosa e Umuarama. Caso o time paranaense vença, nós ainda teremos como passá-lo, pois teremos o confronto direto contra ele. Antes de fazer as contas precisamos vencer o Corinthians, caso contrário de nada adianta a gente ficar torcendo contra os outros , alertou Sérgio Adriano.

Com a ausência de Munin, o também ala Robinho, recém-promovido para o time adulto, ganhará oportunidade contra o Corinthians. Venho numa crescente boa e estou contente pelo treinador confiar em mim. Se precisar ser utilizado espero poder retribuir com um bom jogo , afirmou o camisa 11, confiante.

Classificação de momento da chave B
1º Carlos Barbosa: 10pontos
2º Corinthians: 6pontos
3º Gazin: 3pontos
4º Peixe/Mazza: 1ponto

PEC vai a Tubarão (SC) para enfrentar a Unisul
Na terceira colocação do grupo C com cinco pontos ganhos, o Poker/PEC precisa vencer a partida contra o Hipper Freios/Unisul (lanterna da chave com 1ponto apenas), nesta sexta-feira (26/8), às 20h15, no ginásio Salgadão (Tubarão - SC), para continuar forte na briga por uma vaga nas quartas-de-finais da Liga Futsal 2011 – principal competição do salonismo nacional.

Atuando fora de casa, o PEC tem encontrado dificuldade para pontuar nesta temporada. Os jogadores estão conscientes da necessidade da vitória e querem esquecer os resultados negativos longe de Petrópolis. O ala Alvim, um dos principais nomes do elenco, destaca que o pensamento do time está focado.

"Estamos preparados para um jogo difícil. Eles também precisam vencer para chegarem à última rodada ainda com chances. Acredito num confronto franco, disputado e emocionante. Pelo que apresentamos até agora nós temos plenas condições de vencer", analisou Alvim.

Sobre o fator quadra, o supervisor Cupim acredita que está mudando o pensamento do elenco em conversas diárias. Ele bate na tecla de que o time precisa ser auto-suficiente e otimista para chegar e decidir fora de casa, seja qual for o adversário.

"Já tivemos uma evolução neste sentido. Nas últimas partidas fora de casa fomos pra cima e pecamos em pequenos detalhes. Isso só se corrige com muita conversa e uma boa dose de confiança. Sabemos de nossa capacidade técnica e do que o grupo pode alcançar. É nesse caminho que esperamos chegar à próxima fase da Liga e seguir em frente na competição", disse Cupim.

Do outro lado, jogando diante de sua fanática torcida, a agremiação catarinense não pensa em nenhum outro resultado que não seja a vitória na noite desta sexta-feira. Em busca de seu primeiro triunfo nesta segunda fase, a Unisul promete partir pra cima do clube fluminense. Para este duelo, o técnico Jari da Rocha, o Jarico, não terá nenhum desfalque disciplinar e a ordem é pressionar o adversário do início ao fim.

via Imprensa | Liga Futsal
--
FarolComColetivo de Imprensa
rede web de informação e cultura